quarta-feira, maio 24, 2006

Fim de Semana Chuvosso (Um Conto)


Como já havia referido na entrada anterior aqui fica o conto escrito por um amigo muito especial... com um fetish especial já aqui abordado!
Espero que gostem, eu gostei :)


Nesse fim de semana em que tínhamos combinado o sábado e o domingo para sairmos e conhecer uns locais novos, como já tínhamos saído no dia anterior , ou seja sábado e como já havia sido o hotel marcado para a noite de sábado para domingo e como íamos aproveitar a tarde de domingo para sairmos decidimos que o íamos fazer da parte da manhã, pois o tempo prometia piorar para a tarde.
Assim foi, lá saímos da parte da manhã e passeamos o suficiente até à hora de almoço em que depois deste decidimos regressar ao hotel, visto que o tempo estava mesmo a piorar e a prometer um temporal daqueles mesmos maus.
\nSendo assim, eu pedi-te para ires lá abaixo à recepção pedires uma garrafa de água para termos com nós, isto foi para eu ganhar tempo para me arranjar para ti. Assim, enquanto tu foste, eu aproveitei para vestir umas meias de vidro pretas, um cinto de ligas rendado preto e umas cuecas rendadas pretas, a tapar isto vesti uma mini saia de trespasse, tendo o cuidado de deixar a união (trespasse) um bocadinho para o lado, para a parte de cima do meu corpo tinha apenas uma t-shirt branca. Após este processo, apaguei a luz, tendo o cuidado de deixar apenas que pouca luz passasse pela janela, isto para a tua surpresa ser maior.\nQuando chegaste ao quarto, não me viste, pois eu estava atrás da porta e aproveitei logo para te agarrar e puxar para mim para te dar um beijo no pescoço, tu com uma das tuas mãos aproveitaste logo para me apalpares as pernas e quando constataste que eu estava assim, logo te desprendeste de mim e abaixaste-te e fizeste as caricias mais incríveis nas minhas pernas com as meias pretas, estiveste para aí uns 15 minutos numas caricias incríveis e claro o meu pénis foi aumentando e já quase não cabia na saia, tu como te apercebeste que a saia era de trespasse, enquanto uma das tuas mãos me ia acariciando as pernas a outra ia deixando aparecer a ponta do meu pénis pelo trespasse da saia. Tu continuaste com as tuas caricias fenomenais nas minhas pernas, entretanto foste subindo para me dares um beijo longo e \nprolongado que depois de acabares retornaste novamente para as minhas pernas, enquanto ias acariciando as minhas pernas, uma das tuas mão veio direitinha ao meu rabo e aproveitaste para meteres um dedo, enquanto isso a tua boca ia direitinha à ponta do meu pénis que saía do trespasse da saia para a chupares, chupaste longamente e depois de parares com uma das tuas mãos enquanto me acariciavas as pernas com a outra fizeste movimentos no meu pénis até ele se vir numa onda de prazer, e com isto acabamos com uma saia suja e aproveitamos para descansar um bocadinho e tu para mudares de roupa, pois da forma que eu estava vestido dava-te ideias a ti e a mim para o resto da tarde. Afinal isto tinha só sido o começo e tu também tinhas vindo prevenida com umas peças interessantes.",1]
);
//-->
Chegados ao hotel, fomos logo para o quarto, onde o meu cérebro começou a trabalhar numa fantasia para passarmos a tarde e afinal eu até tinha vindo com umas surpresas para ti, enquanto isso o tempo lá fora piorou mesmo e veio uma daquelas chuvadas que nem imaginas.
Sendo assim, eu pedi-te para ires lá abaixo à recepção pedires uma garrafa de água para termos com nós, isto foi para eu ganhar tempo para me arranjar para ti. Assim, enquanto tu foste, eu aproveitei para vestir umas meias de vidro pretas, um cinto de ligas rendado preto e umas cuecas rendadas pretas, a tapar isto vesti uma mini saia de trespasse, tendo o cuidado de deixar a união (trespasse) um bocadinho para o lado, para a parte de cima do meu corpo tinha apenas uma t-shirt branca. Após este processo, apaguei a luz, tendo o cuidado de deixar apenas que pouca luz passasse pela janela, isto para a tua surpresa ser maior.
Quando chegaste ao quarto, não me viste, pois eu estava atrás da porta e aproveitei logo para te agarrar e puxar para mim para te dar um beijo no pescoço, tu com uma das tuas mãos aproveitaste logo para me apalpares as pernas e quando constataste que eu estava assim, logo te desprendeste de mim e abaixaste-te e fizeste as caricias mais incríveis nas minhas pernas com as meias pretas, estiveste para aí uns 15 minutos numas caricias incríveis e claro o meu pénis foi aumentando e já quase não cabia na saia, tu como te apercebeste que a saia era de trespasse, enquanto uma das tuas mãos me ia acariciando as pernas a outra ia deixando aparecer a ponta do meu pénis pelo trespasse da saia. Tu continuaste com as tuas caricias fenomenais nas minhas pernas, entretanto foste subindo para me dares um beijo longo e prolongado que depois de acabares retornaste novamente para as minhas pernas, enquanto ias acariciando as minhas pernas, uma das tuas mão veio direitinha ao meu rabo e aproveitaste para meteres um dedo, enquanto isso a tua boca ia direitinha à ponta do meu pénis que saía do trespasse da saia para a chupares, chupaste longamente e depois de parares com uma das tuas mãos enquanto me acariciavas as pernas com a outra fizeste movimentos no meu pénis até ele se vir numa onda de prazer, e com isto acabamos com uma saia suja e aproveitamos para descansar um bocadinho e tu para mudares de roupa, pois da forma que eu estava vestido dava-te ideias a ti e a mim para o resto da tarde. Afinal isto tinha só sido o começo e tu também tinhas vindo prevenida com umas peças interessantes.
\nApós este nosso intervalo, tu tinhas ido mudar de roupa e desta vez vieste com uma lingerie lindíssima preta de cetim e com uma camisa transparente por cima, estavas divinal que quase tocar-te era estragar uma obra de arte no teu corpo.\nDesta vez, não perdeste tempo e novamente voltaste ás minhas pernas para as acariciares de forma incrível, mas eu não queria ficar para trás e logo mudei de posição para ter também as tuas pernas ao meu alcance e também puder acariciar e retribuir a tua massagem fantástica. Assim foi, acariciei as tuas pernas por cima das tuas meias pretas, até quase à tua exaustão, chegaste a um ponto em que só o meu toque nas tuas meias já te fazia gemer de prazer e novamente voltaste ás minhas para as beijares de cima a baixo e tu beijavas e lambias as minhas meias, novamente voltaste a afastar a minha cuequinha rendada para o lado para me pores o meu pénis de fora para assim o poderes beijares e chupares, enquanto fazias isso, foste desapertando o meu cinto de ligas das meias. Quando eu te retirei do meu pénis, logo te \ntirei a tua camisa e não resisti a dar-te um beijo longo e apaixonado e com uma das minhas mãos ia acariciando um dos teus peitos até o sentir bem durinho, logo afastei o teu soutien para e a minha boca e língua percorreram o teu biquinho deixando-o ainda mais duro, logo desapertei o teu soutien e fui fazer o mesmo ao outro, tu nessa altura já deliravas e gemias de prazer, eu aproveitei para te virar de costas para te roçar o meu pénis no teu traseiro e nádegas. Enquanto me roçava em ti, uma das minhas mão ia lentamente percorrendo o caminho dos teus peitos até ás tuas cuecas para suavemente te acariciar e lentamente penetrar por baixo das tuas cuecas para ir brincar com o teu ponto, nessa altura eu afasto-me de ti e a minha mão pela frente com um dos meus dedos penetra no teu sexo enquanto por trás te penetro no teu rabo com outro dos meus dedos da minha outra mão, bem tu nessa altura e \napós uns movimentos com ambas as minhas as minhas mãos tiveste um orgasmo profundo que a mim também quase me fazia explodir só de sentir o teu prazer nas minhas mãos. Deste-me um beijo na boca e rapidamente te abaixaste e novamente começaste a chupar-me e desapertaste o meu cinto ligas das meias, paraste de chupar e tiraste-me as meias o cinto de ligas e as cuecas e pela primeira vez eu estava apenas com o meu corpo masculino para ti e tu deliraste.",1]
);
//-->
\nAí eu avancei para ti e tirei as tuas cuecas, apenas te deixando com as meias e o cinto de ligas e chupei o teu ponto, enquanto uma das minhas mãos te acariciava os teus peitos, mais uma vez de tanto te chupar levei-te a ter mais um orgasmo longo e profundo, tu entretanto e como o meu pénis tinha ficado murcho logo trataste de o cariciar e fazer movimentos para cima e para baixo até ele ficar novamente duro, nesse ponto tu deitaste-te e eu logo introduzi o meu pénis em ti lentamente para fazermos amor, após um longo bocado de delírio pediste-me que eu me introduzisse no teu rabo para acabarmos a tarde em beleza e assim poderes receberes os meus líquidos em ti.\nQuando acabamos esta nossa tarde de prazer e antes de irmos jantar, eu já pensava que estava terminada esta nossa tarde de fantasia mas tu ainda tinhas mais uma surpresa para mim para acabarmos a tarde em beleza, pediste-me para me vestir com a lingerie que tinha usado no anterior conto e que tinhas trazido exclusivamente para mim, mas sem as cuecas e com uma saia diferente, ou seja mais curta, mais fina e mais larga. Tu foste ao quarto de banho e saíste de lá desta vez com umas meias de rede pretas e uma mini saia de seda preta e uma camisa branca bem justinha que deixava perceber os contornos dos teus peitos bem como deixava ver a cor do teu soutien, que era negro.\nTu estavas divinal, eu não resisti e tu também não, o desejo cresceu em nós e depois de um beijo longo e apaixonado tu proibiste-me de te tocar e só tu me podias tocar, trataste logo de acariciares o meu penis por cima da saia e foste-me abaixando de costas enquanto tu ias desapertando a tua saia para deixar um pénis de borracha á mostra que brotava pelo meio do teu cinto de ligas, levantaste a minha saia e penetraste-me e assim fizemos amor loucamente, enquanto isso eu sentia a tua mão no meu pénis movimentando-o cada vez mais rápido assim como teu pénis dentro de mim, os movimentos do pénis eram sincronizados com os da tua mão e eu acabei por me deitar o meu liquido quente na tua mão enquanto tu acabaste de penetrar mais fundo e tendo um orgasmo louco e intenso contigo dentro de mim, assim ficamos um \nbocadinho juntos e aproveitamos para nos beijarmos loucamente e trocarmos mais umas caricias nas nossas pernas e abraçamo-nos e novamente nos beijamos........... assim acabou esta louca tarde de domingo na qual seguimos para um jantar fenomenal e depois o nosso regresso a nossa(s) casa(s)… e há realidade.",1]
);
//-->
Um conto de "Visto Lingerie"
Abraço grande a todos... a sempre vossa Hinata

3 comentários:

Anónimo disse...

Very pretty design! Keep up the good work. Thanks.
»

Anónimo disse...

Hallo I absolutely adore your site. You have beautiful graphics I have ever seen.
»

Anónimo disse...

I find some information here.